Aguarde um momento, por favor...

 
A utilização de protecção é essencial para uma vida sexual plena e consciente
"Ana Gomes - 34 anos"
 
Direcção-Geral da Saúde
Saúde Sexual e Reprodutiva

De acordo com o Programa de Acção da Conferência Internacional sobre População e Desenvolvimento (Cairo - 1994), o conceito de Saúde Reprodutiva implica que as pessoas possam ter uma vida sexual satisfatória e segura e possam decidir se, quando e com que frequência têm filhos.
 
Esta condição pressupõe o direito de cada indivíduo a ser informado e a ter acesso a métodos de planeamento familiar da sua escolha, que sejam seguros, eficazes e aceitáveis e, ainda, a serviços de saúde adequados, que permitam às mulheres terem uma gravidez e um parto em segurança e ofereçam aos casais as melhores oportunidades de terem crianças saudáveis. Abrange, também, o direito à saúde sexual, entendida como potenciadora da vida e das relações interpessoais.
 
Os cuidados a prestar em Saúde Reprodutiva constituem por isso, um conjunto diversificado de serviços, técnicas e métodos que contribuem para a saúde e o bem-estar reprodutivos. Para mulheres e homens ao longo do seu ciclo de vida.

Espaço Jovem
Espaço Jovem
Para Todos
Para Todos
Profissionais de Saúde Imagem
Profissionais de Saúde
 
Em Destaque
O Programa Nacional de Vigilância da Gravidez de Baixo Risco está disponível em várias versões e formatos na página da Divisão de Saúde Reprodutiva. Pode consultar o Programa Nacional de Vigilância da Gravidez de Baixo Risco na área dedicada à Saúde Materna.
 
Notícias
As novas recomendações da OMS visam ajudar os trabalhadores de saúde a proporcionar um atendimento melhor aos mais de  ...
 
A Divisão de Saúde Sexual, Reprodutiva, Infantil e Juvenil elaborou um trabalho de análise das características da  ...
 
Revogação das Leis n.os 134/2015, de 7 de setembro, relativa ao pagamento de taxas moderadoras na interrupção  ...